segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Hoje sei!

















Hoje sei, sem sombra de dúvida, que posso renascer
Hoje sei que é possível viver e se me apetecer mudar
Reinventar a minha vida, decidir o que quero ser
Hoje sei, que não faz mal mudar de opinião
Decidir que não quero seguir mais na mesma direção

Hoje sei que nada pode mais do que eu
Hoje sei que sou eu que escolho as minhas amarras
Que decido o que me prende e qual o limite do céu
Hoje sei, com toda a certeza, que gosto de viver
Que gosto da probabilidade e da possibilidade do Ser

Hoje sei que posso cair e me levantar
Hoje sei que posso esquecer e perdoar
Que não tem problema se me enganar
Hoje sei que posso amar e não gostar

Hoje sei!

E por aqui me fico!
Fiquem Bem!








5 comentários:

  1. Pela vida vamos aprendendo...Muito linda tua poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito! =)
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  3. è sempre hora de fazer a viragem , de mudar. Gostei do poema :) Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Belíssimo poema, Silena.
    Gostei muito. Parabéns.
    Abraços.
    Pedro.

    ResponderEliminar